Júri 2017

  • Aldo Pacheco
    Aldo Pacheco

    Aldo Pacheco nasceu no Peru em 1968. Estudou Engenheranhia Eletrónica e especializou-se em telecomunicações sem fio. Reside no Canadá desde 2006. Pacheco sempre se quis expressar artisticamente e, além de ser um Iphoneographer, é um joalheiro profissional, um escritor entusiástico, um músico e ceramista. Em 2010 passou a co-fundador do e participou, enquanto curador, em três grupos fotografia mbile experimentar. Membro do pré-júri do NEM FIPA e júri do NEM IHUH. Já participou em diferentes concursos internacionais onde adquiriu diversas menções honrosas, como MPA, FIPA, IHUH, MIRA Mobile Prize, etc. Pacheco já expôs no Porto, Paris, Los Angeles e Florença.

  • Andrea Bigiarini
    Andrea Bigiarini

    Andrea Bigiarini vive em Florença, Itália, onde nasceu em 1956. Desde criança desenvolveu um fascínio pela pintura, design gráfico, música e fotografia. Em 2012 acabou por fundar o The New Era Museum, o primeiro museu dedicado à fotografia mobile, como ferramenta de aperfeiçoamento da realidade e de construção de uma nova era. É também fundador e presidente da FIPAFlorence International Photography Awards. O seu último projeto chama-se Impossible Humans. Além disso, Bigiarini é curador em várias fotogalerias como na Impossible Humans e The Most Wanted Visionaries Catalog.

  • Cadu Lemos
    Cadu Lemos

    Cadu Lemos é artista visual e fotógrafo, destacando-se principalmente na área da fotografia com dispositivos móveis. Fundou a mObgraphia Cultura Visual, produtora de eventos de fotografia e video em 2013 e, mais tarde, o Festival e Prémio Latino Americano de Mobgrafia e o mOb Film Festival, ambos relacionados com a fotografia e videos captados e editados em dispositivos móveis, chamada de mobgrafia no Brasil. O fotógrafo publicou dois livros de fotografia, um deles dedicado a Paris e outro sobre a fotografia mobile. Além disso, utiliza ainda a fotografia como forma de integração no seu trabalho enquanto consultor de equipas de alta performance e produtor de eventos culturais.

  • Gina Costa
    Gina Costa

    Gina Costa é curadora e professora de história de arte. Já trabalhou para o Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque; para o Art Institute of Chicago e para a Memorial Art Gallery, Rochester NY, tendo também leccionado história de arte em múltiplas universidades. Como fotógrafa, o que a atrai nos smartphones é a espontaneidade, a instantaneidade e a democratização que possibilitam.

  • Joanne Carter
    Joanne Carter

    Joanne Carter é fundadora e directora editorial da The App Whisperer, uma plataforma dedicada à fotografia mobile. É fotógrafa profissional e membro da British Industry of Professional Photographers (BIPP) e jornalista especializada em tecnologia. Contribui para publicações nacionais e internacionais incluindo DPreview.com, The Times, The Sunday Times, The Guardian, Professional Photographer, NikonPro, entre outras. Joanne Carter foi júri nas últimas duas edições do Mobile Photo Awards.

  • José Miguel
    José Miguel

    José Miguel é designer e profissional de new media em Lisboa, e editor da revista de fotografia Eyesight. Seguem-no no Instagram mais de 50 mil pessoas. Em 2016 foi incluído em shortlist no Prémio de Criatividade pelo Festival de Cannes e Instagram, onde expôs. Recentemente tem dado workshops e palestras sobre fotografia móvel, edição e redes sociais.

  • Lee Atwell
    Lee Atwell

    Lee Atwell é apaixonada por arte, ciência e a magia da fotografia desde criança. Já recebeu inúmeros prémios internacionais de fotografia mobile e foi publicada em diferentes plataformas. As suas fotografias foram expostas em diferentes cidades nos Estados Unidos da América, Canadá, Itália, Bélgica, Hungria e Itália  

  • Michael Jones
    Michael Jones

    Michael Jones é fotógrafo, vive em Berlim mas é originário do Reino Unido. Lidera uma equipa do EyeEm que supervisiona o blog e os canais de redes sociais. Antes disso, durante vários anos, o fotógrafo foi também responsável pela equipa de conteúdo do eBay. Jones está constantemente à procura de novos talentos para promover, procurando ajudar novos fotógrafos a chegar mais longe através de exposições ou do EyeEm Market.