Júri 2014

  • Andrea Bigiarini
    Andrea Bigiarini

    Andrea Bigiarini vive em Florença, Itália, onde nasceu em 1956. Desde criança desenvolveu um fascínio pela pintura, design gráfico, música e fotografia. Em 2012 acabou por fundar o The New Era Museum, o primeiro museu dedicado à fotografia mobile, como ferramenta de aperfeiçoamento da realidade e de construção de uma nova era. É também fundador e presidente da FIPAFlorence International Photography Awards. O seu último projeto chama-se Impossible Humans. Além disso, Bigiarini é curador em várias fotogalerias como na Impossible Humans e The Most Wanted Visionaries Catalog.

  • Brett Chenoweth
    Brett Chenoweth

    Chenoweth é um artista que tem trabalhado e exposto a nível nacional por mais de vinte anos. Conseguiu um B.F.A. de fotografia com um minor em história de arte da Washington University em St.Louis em 1986 e um B.F.A. em pintura do Kansas City Art Institute em 1989. Brett também possui um diploma de mestrado de estudos interdisciplinares em literatura, escrita criativa, arte, filosofia e teologia da St. Johns and Goddard College em Plainfield, Vt., recebido em 1999. Tem trabalhado como professor de desenho e pintura em Kansas City, Vermont e Maine. De momento, Chenoweth considera a fotografia por dispositivos móveis a sua ferramenta principal. O iPad permite-lhe misturar facilmente desenho, pintura e fotografia, destruindo assim as barreiras entre esses meios.

  • Cédric Blanchon
    Cédric Blanchon

    Cedric Blanchon nasceu em França. Com apenas dois anos de carreira já ganhou o prémio Mobile Photography Awards da edição de 2013 como Mobile Master 2 e tem apresentado o seu trabalho com inúmeras exposições. Cedric Blanchon gosta de surrealismo, de humor negro e de street photography.

  • Eloise Capet
    Eloise Capet

    Capet fotografa com dispositivos móveis e lidera a Mobag Paris, a primeira organização não governamental que promove este tipo de fotografia na França. Desde Julho de 2011, Capet fotografa exclusivamente a preto-e-branco com o seu Smartphone. Fotografa, edita e publica imagens todos os dias. É vencedora do Ax3, Mobile Photography Awards e Mobile Masters.

  • Emanuel Faria
    Emanuel Faria

    Faria é estimulado por diferentes culturas. Através das possibilidades do iPhone redescobre a sua posição enquanto artista. É membro do Board e artista fundador do New Era Museum. Adquiriu diversos prémios a partir de 2012, ano em que aposta no desenvolvimento de imagens capturadas pelo seu telemóvel. Destcam-se exposições em Nova Iorque, Toronto, Melbourne, Praga, Vermont, Lisboa, Verona e Silicone Valley. Faria é, frequentemente, referenciado na imprensa da especialidade.

  • Gina Costa
    Gina Costa

    Gina Costa é curadora e professora de história de arte. Já trabalhou para o Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque; para o Art Institute of Chicago e para a Memorial Art Gallery, Rochester NY, tendo também leccionado história de arte em múltiplas universidades. Como fotógrafa, o que a atrai nos smartphones é a espontaneidade, a instantaneidade e a democratização que possibilitam.

  • Joanne Carter
    Joanne Carter

    Joanne Carter é fundadora e directora editorial da The App Whisperer, uma plataforma dedicada à fotografia mobile. É fotógrafa profissional e membro da British Industry of Professional Photographers (BIPP) e jornalista especializada em tecnologia. Contribui para publicações nacionais e internacionais incluindo DPreview.com, The Times, The Sunday Times, The Guardian, Professional Photographer, NikonPro, entre outras. Joanne Carter foi júri nas últimas duas edições do Mobile Photo Awards.

  • Karen Divine
    Karen Divine

    A primeira introdução que Karen Divine teve à fotografia foi no início da década de 70; a partir daí, estudou pintura, desenho e processos fotográficos alternativos. Após a aprendizagem do Photoshop em 2001 começou a criar as imagens que imaginava usando as suas fotografias como paleta. Ao longo dos últimos três anos tem transferido esse processo para o iPhone. Aprender a criar uma imagem bonita por si é essencial para uma fotógrafa de belas artes, mas o que mais excita Divine são as multi-imagens.

  • MaryJane Sarvis
    MaryJane Sarvis

    Sarvis possui um diploma do Bennington College, com especialização em pintura,  gravura e cerâmica. O seu trabalho tem sido exposto em numerosas e prestigiosas colecções de arte nos EUA e pelo mundo fora. Obteve cobertura da revista Ornament Magazine e, ao longo da sua carreira de 25 anos, esteve envolvida em diversas mostras e exposições. É notória pelo seu conhecimento e controle da cor. Em 2010, Sarvis descobriu o sistema de fotografia e edição IOS através dum iPhone. Tem agido como conferencista convidada e professora em ambos os campos, para além de expor em várias galerias e centros de artes.

  • Michelle Robinson
    Michelle Robinson

    Robinson nasceu em Singapura e vive na Austrália do Sul. As suas paixões pela arte e pela fotografia encontraram-se através do iPhone. Robison ganhou prémios e participou em várias exposições internacionais, incluindo uma exposição a solo no Berlin Foto Festival. O seu trabalho também já foi publicado na imprensa, tendo sido destacado na CNet Exposure na Austrália e em sites importantes de fotografia por dispositivos móveis. Em 2013, Robinson liderou a equipa de desafio para a  MPt Community, o maior salão global  para fotógrafos, artistas e artistas de vídeo a trabalhar com dispositivos móveis. Também é uma artista fundadora do New Era Museum.

  • Nettie Edwards
    Nettie Edwards

    Edwads recebeu o prémio de Mobile Photographer of the Year ax3 American Aperture awards 2013; foi vencedora na categoria de Belas Artes na quarta edição dos Julia Margaret Cameron Photo Awards e, em 2012, finalista para o Lumen Prize. Edward já expôs os seus trabalhos no Reino Unido, França, EUA, Austrália, Alemanha, Itália, Látvia, Xangai e Hong Kong. Foi publicada, entre outros, por: European Photography; Black and White Photography (UK); Journal of the Royal Photographic Society, New York Times Lens Blog, Mobile Masters 1 & 2 e The Art Of iPhone Photography.

  • Roger Guetta
    Roger Guetta

    Roger Guetta é professor e fotógrafo residente em Montreal, Quebec, Canadá. Durante os últimos anos, tem trabalhado exclusivamente com o iPhone. O seu trabalho tem sido exibido em Montreal, Toronto, Colorado, Califórnia, Ohio e em Itália. Em inícios de Junho terá também uma exposição em Paris. Foi escolhido para contribuir nas duas edições mais recentes dos eBook Mobile Masters. É uma presença regular em sites dedicados à promoção do que de melhor se faz no mundo da arte mobile.